Filhos de casais homossexuais apresentam ótimo ajustamento psicológico.

Fonte: Revista Crescer

Postagem_44.jpg

Pesquisa comprova que filho criado por casal homossexual apresenta comportamento tão ou mais saudável do que aquele que cresce em um lar formado por homem e mulher.

 

Para cada fase da vida, existe algo que os psicólogos chamam de ajustamento psicológico, termo que mede o comportamento esperado de acordo com a idade. Pensando nisso, pesquisadores da Universidade Sapienza (Itália) analisaram crianças com idades entre 3 e 11 anos, filhas de casais de pais gays, casais de mães lésbicas e casais de pais heterossexuais, com o intuito de descobrir se havia diferença nesse ponto entre elas. Descobriram, então, que um filho criado por casal homossexual apresenta ajustamento tão ou mais saudável do que aquele que cresce em um lar formado por homem e mulher.

 

A pesquisa transforma em dado científico aquilo que, clinicamente, os especialistas já sabiam: a atividade parental é baseada em amor, regras e valores. O que pode ser transmitido por um casal heterossexual, uma mãe-solo, um pai viúvo, os avós ou um casal homossexual...

https://revistacrescer.globo.com/noticia/2017/12/chega-de-rotulos-por-que-nao-estigmatizar-o-comportamento-das-criancas.html

 

https://revistacrescer.globo.com/Curiosidades/noticia/2016/09/casal-gay-tem-trigemeos-com-o-dna-dos-dois-pais.html

 

https://revistacrescer.globo.com/Familia/Novas-familias/noticia/2017/03/o-menino-mais-feliz-do-mundo-sou-eu-escreve-menino-adotado-por-casal-homossexual.html

EspacoSER_Logo_Base circular1.png