Buscar
  • Sempre Família

10 ideias para ensinar crianças a valorizar o meio ambiente.


Fonte: Sempre Família / Arquivo pessoal/Priscila Correia


A carioca Priscila Correia decidiu ensinar seus filhos Benjamin e Theo a cuidarem da natureza desde cedo.


Com apenas 3 anos, o pequeno Benjamin já planta árvores, joga papeis e plásticos no lixo reciclável, toma banho no balde para economizar água e até separa cascas de alimentos para usar no processo de compostagem. “Ele vê o irmão de 9 anos preocupado com o meio ambiente e quer acompanhar”, conta a mãe Priscila Correia, que faz questão de ensinar os filhos a cuidarem da natureza. “E eles amam!”, garante a carioca.


Segundo ela, as lições acontecem de maneira divertida e fazem parte da rotina familiar com tarefas como o cuidado com a horta. “São eles que regam as plantas todo dia, adubam, podam e tiram ervas daninhas”, relata a produtora de conteúdo do site Aventuras Maternas. Além disso, os garotos transformam sobras de alimento em fertilizante, realizam piqueniques com canecas de madeira para evitar o uso de itens plásticos, e são sempre estimulados a reduzir o consumo desnecessário.


Para isso, “damos preferência a brechós e lojas artesanais de empreendedores locais”, afirma a mãe, ao comentar que os meninos doam a mesma quantidade de itens que ganham. “Se eles recebem três brinquedos, doam três brinquedos, e isso já se tornou tão natural que, assim que recebem algo, os dois vão direto para o quarto escolher o que será doado”.


Reutilizar a água do banho e passar tempo em contato com a natureza são algumas das atividades que fazem os pequenos Benjamin e Theo valorizarem o meio ambiente.


Atitudes assim transmitem lições valiosas como generosidade, paciência, responsabilidade, e “fazem com que a criança cresça com essa conscientização”, pontua a bióloga Leila Maria Zem, ao citar que isso é fundamental para manter áreas verdes, rios e nascentes bem conservados, fortalecer a reciclagem, conseguir maior vida útil aos aterros sanitários e melhorar a qualidade de vida da população.


“Tudo através de um aprendizado agradável, pois é fácil a criança se identificar e demonstrar carinho pelas flores, árvores e aves”, aponta a especialista. “E como os pequenos sempre demonstram vontade de ajudar e aprender, devemos despertar neles a importância de conservar o meio ambiente e de ampliar isso à medida que crescem”.


Como fazer?

Só que não adianta simplesmente falar a respeito de educação ambiental. De acordo com a pedagoga especializada em educação infantil, Karina Bortoleto, é necessário ensinar por meio do exemplo e de brincadeiras. “Então, você pode incentivar uma criança de 3 anos a economizar água, por exemplo, fechando a torneira enquanto escova os dentes e desenhando com ela situações em que usam esse recurso”.


Também é possível contornar o corpo dos pequenos em uma folha de papel para mostrar no desenho a quantidade de água existente no organismo ou ainda preparar uma tabela com imagens de sol e de chuva para colar diariamente. “A criança entenderá que existem poucos dias com chuva e que é necessário economizar água para que não falte na hora de beber, tomar banho ou preparar comida”.


É provável também que a própria criança comece a cobrar adultos e colegas a respeito do que aprendeu, transmitindo a lição de conscientização. Por isso, vale focar em diversas ações de preservação ambiental e aproveitar cada uma delas para modificar os hábitos da família. Afinal, “cuidar do meio ambiente é tarefa de todos e, com as crianças, pode se tornar algo bem divertido”, garante Karina.



0 visualização0 comentário