Buscar
  • Sempre Família

A importância de se manter uma boa rotina de estudos.


Fonte: Sempre família


Vivemos tempos de muitos estímulos e interações. A cada minuto, somos bombardeados por notícias, entretenimentos e as mais diversas opções, tudo na palma da nossa mão.


A parte boa é que temos informação e a oportunidade de expressar as nossas opiniões na hora que bem quisermos. A parte complicada, é conseguir colocar um limite nos estímulos e separar um tempo de qualidade para os nossos familiares, trabalho e é claro, para os estudos.


É fundamental entender que, nos estudos, manter uma regularidade é o ponto de partida para conseguirmos aproveitar o máximo do conteúdo. Uma boa rotina de estudos é feita com constância, hábito e dedicação. É preciso haver disciplina e foco, para que aos poucos consigamos construir o conhecimento e a relevância. Sem rotina, não há aprendizado, muito menos o hábito de parar para construir o nosso saber.


Tudo começa com o tempo. É preciso separar um tempo, e cumpri-lo de forma fiel, entendendo que aquele momento é apenas dos estudos, e nada mais. Foque principalmente na qualidade do tempo separado e também na regularidade. A constância vai fazer com que a rotina vire um hábito, e este hábito termine por fazer parte da sua vida. Por isso, procure um lugar calmo, desligue todas as distrações e foque no processo, aproveitando ao máximo o momento que você separou.


Quando não temos qualidade em nossos estudos e dividimos a nossa rotina com outros afazeres, terminamos por dividir também a nossa atenção, comprometendo o processo de aprendizagem. É muito mais eficaz ter a atenção focada em um único objeto do que repartir a atenção com outras coisas. Por isso, gaste pouco tempo, mas que ele seja bem focado e com a atenção bem dirigida, sem distrações e com muita persistência.


Entenda também que precisamos de tempo para construir o saber. Não é da noite para o dia. Ao contrário: é um passo de cada vez, galgando um degrau por dia. A rotina é como um caminho que precisamos trilhar, entendendo que para conseguir, não podemos falhar.


Estudar é construir o saber, e com passos curtos, ir galgando e subindo a cada dia um degrau da escada do conhecimento. Um processo que nem sempre é fácil, mas é prazeroso. Por isso busque a constância nos estudos, e tenha como objetivo principal a qualidade e não a quantidade. Pois é com passos tranquilos, que conseguiremos chegar de forma muito mais assertiva aos nossos objetivos.


*Guilherme Augusto de Carvalho é professor especialista em Filosofia e Ciências da Religião e Ensino Religioso, e professor da área de Humanidades, do Centro Universitário Internacional Uninter.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo